segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Aquele olhar


Dicas de sedução Dicas de sedução

Nada é mais sexy e provocante,do que um olhar.
E ele a olhava constantemente como quem a despe.
Ela algumas vezes chegou a corar a face.Mas na maioria,na grande maioria,se sentia bem.Uma mulher desejada.
Moravam no mesmo prédio,apenas dois andares os separavam.
O Clima de sedução estava no ar...
Ele olhava.Ela retribuía...e era assim sempre que passava.Isso já estava a deixando louca.
Imaginava com ele coisas que nunca ousara fazer antes.
Uma noite,calor infernal e ela não permitiu mais que uma calcinha a cobrir seu sexo.
Zapeava a TV e o telefona toca.Quem seria aquela hora?
-Alô? Oi?  Mas ninguém responde,nenhum som ao fundo.
Ela vai a geladeira e volta com um pote de sorvete.Nem era o seu favorito,seu ex o havia deixado por lá.Mas naquele calor,qualquer coisa que refrescasse já servia.
O telefone insiste novamente em tocar, e quem quer que tenha ligado insiste em ficar mudo.
Nada mais pra fazer,ela leva na brincadeira:
-Ei,já te contaram que mudo não fala?Nem em telefone tá?!
Ela ri e como resposta ouve uma risada e a voz de homem  que  finalmente acaba com a brincadeira :
- Sou eu,seu vizinho.
Um sorriso no canto de sua boca e uma pergunta que já sabe a resposta:
-Vizinho,qual?
-Quer saber mesmo?Posso ir aí e você verá com seus próprios olhos...
A Luxúria toma conta do seu corpo e ela agora não consegue mais raciocinar.
Muito desejo e um pouco de receio.
-Com meus próprios olhos? Hum...não sei se seria o melhor a se fazer...
a propósito,como conseguiu meu número?
_Fácil,e eu consigo tudo o que quero sempre.
E vontade de saber o que tinha por trás daqueles olhos só aumentava.
_Vem então,aproveita que eu não estou conseguindo pensar direito e vem.

Ele tinha mãos fortes e sabia como usá-las.A jogou na parede assim que a porta foi aberta.
Arrancou a única e minúscula peça de roupa que o impedia do inevitável e a possuiu.
Forte e intenso.
Seu membro pulsava e ela urrava de desejo.
E que boca era aquela? Ela gozou uma,duas,três vezes...nunca tinha sido tão gostoso assim.
Pela manhã,depois de uma a noite insone ele foi embora.Mas prometeu voltar.
Ser Despida com os olhos era bom,mas ser despida com a boca...era muito melhor.


14 comentários:

Silvia C. Barbosa disse...

Que conto!! Me abana rsrsrs

Ser despida com a boca é bom demaissss... Sei bem disso!

Beijosssss

Drêycka disse...

Nossa sinhora!!!!!
Isso é baseado em fatos reais, eh?

huahuahuahua

ULALA!!

Luciana disse...

Kibon Silvia que gostou rsrs

Drêycka,nem é rsrs,mas poderia ser né? kkkkkkkkkkk

Luciana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Drêycka disse...

Votei lá, viu moça??

BOA SORTE!

Alexandre Fernandes disse...

Que intenso. Um conto para latejar o desejo na pele, para sentir o calor pujante em cada gota de suor depositado na força de amar, de dar prazer.

Lascívia que se extrai magneticamente...

Pura luxúria...

Lindo!

Beijo!

Bia Ferreira disse...

Lindo conto...

eu votei nele pra vc ganhar um Ipod... beijossss

angel red disse...

Há qnt tempo não passo por aki. Mt bom o post. Ser despida com olhos e com a boca é mt bom.
Bjoks

Talita Oliveira disse...

UAU! Que intenso! AMEI aqui! *___*

Janaína Pupo disse...

Uau, que maravilha hein, linda?
Amei!
Beijos

Carlos Medeiros disse...

Intenso mesmo.

Augusto Dias disse...

Uau!!!

Em brasa em?!!!

Muito bom adorei!!!

Um abraço!

Fernando Santos (Chana) disse...

Espectacular....
Cumprimentos

Raysla Camelo disse...

Amiga! Com a boca TUDO é muito melhor! ahaha