segunda-feira, 3 de agosto de 2009

A verdade quando se trata de amor,dói demais!!!!

Estou confusa...Tá eu sei,que eu já SOU confusa de natureza e que isso não é nenhuma novidade.Mais dessa vez eu posso estar confusa,qualquer um estaria...
Sabe aquela história de felicade do Post anterior?Então,eu tava falando de amor,de um amor que eu pensava nem mais existir diante de tanta decepção já passada por mim,mais bastou uma brisa sobre a brasa pra que ele se reacendesse.
E o pior disso tudo é que mais uma vez me certifico de que ele é so meu,so eu amo!
E olha o mais estranho:Ele me pediu em casamento.Daí,agora nessa exato momento você esta aí pensando:"interna que ela pirou".Não,infelizmenre eu não pirei.Esse pedido de casamento não é motivo pra que eu esteja feliz.E porque?
Você casaria pra fazer o "correto"?pra estar em paz diante de Deus?Das pessoas?Pra criar teu filho com um pai?Uma família? EU NÃO,e foi isso que ele me propôs
E cadê aquela história de: Sem amor eu nada seria?Cadê?
Eu cresci ouvindo que so o amor é o que importa(imagino que você também)e de repente,aquele que eu amo me diz que não é bem assim,que ele esta "disposto" a ficar comigo pelo nosso filho e que o amor a gente contrói,que pra casar não é preciso amor...Imagina se doeu...(Ta parecendo coisa de novela,o Raj e a Maya rs rs EU E O MEU HUMOR NEGRO)
Eu que sempre preferi a verdade posso sentir o quanto ela pode doer
E o pior foi que ele esta se forçando a acreditar nisso,a acreditar que estar do lado de quem não se ama todos os dias será uma coisa fácil,a acreditar que os meu defeitos não serão tão gritantes num dia em que ele chegue cansado do serviço e não queira ver ninguém,num dia em que se queira so ficar quietinho,sozinho.Não é fácil,não seria fácil...
Eu que sempre preferi a verdade posso sentir o quanto ela pode doer...
E o que eu acho disso?pra mim seria fácil,afinal eu amo,foi o que eu sempre quis...Mais não assim.Tendo o outro obrigado,sem ser recíproco e isso me dói demais.
Eu disse não a minha felicidade e quero pensar que eu disse não pra justamente ser feliz,pra dormir em paz.
E você o que faria?Aceitaria qualquer oferta pra ser feliz?Qualquer sobra?Qualquer migalha?Será que eu fui orgulhosa demais?
Quase não dormi essa noite pensando que amanhã,talvez daqui a um mês,um ano...eu vou me arrepender de não ter tentado de não ter aceito.Mais hoje,isso me faria infeliz demais.

12 comentários:

Saulo Oliveira disse...

Eu também diria não.

Lucí disse...

Amadinha...

Bom.. é assunto bem particular mas eu tbm não aceitaria, pq casamento com amor já é dificil imagina sem.. e todo mundo sabe que filho não segura casamento, ele pode estar dizendo e tentando uma maior aproximação pelo encanto do momento, mas os anos sempre pesão e talvez um dia a gente se arrepende de ter tentado..né??

Bjinhoss, mas segue a tua intuição, ela nao falhara.

Dri Viaro disse...

Passando rap-10 pra desejar uma semana abençoada
bjsss

Dri Viaro disse...

Lu, este assunto casamento tá me chamando, e vou terque postar sobre isso no meu blog.rsrs
Olha Lu, qdo me casei estava apaixonada eu e meu marido, naosei te dizer se era amor amor, mas sei que nos conheciamos apenas a 4 meses qdo me casei, e o que posso dizer: está sendo maravilhoso, por isso amiga, se vc gosta dele repense, construir uma família ao lado de um homem é maravilhoso, e tenho certeza que ele não lhe fez essa proposta apenas pq vcs tem um filho, mas sim pq ele sente algo por vc, isso não tenho duvidasalguma, hj em dia no mundo em que vivemos nao tem quem case por causa de filhos amiga, nao tem mesmo
bjssss e pensa tá?

Dri Viaro disse...

Lu, que legal saber que vc está indo na igreja, pois eu voltei a frequentar agora, e estou cada dia querendo mais e mais.rsrs
então Lu, se ele for pra vc mesmo pode ter certeza de que vai aceitar novamente assim que vc falar pra ele que quer tentar, ora amiga, pq Deus tem todas as respostas.
bjsssss

Lucí disse...

Oie amadinha...

Bom, no comentario passado eu disse que vc nao deveria, mas refletindo melhor no assunto .. (e como eu sou mulher.. sensivel e sonhadora..rsrs), quem sabe nao dar uma chance..

Mas sempre vc tem que pensar por 3, por vc e por teus 2 filhos, pq um casal infeliz é uma coisa, e uma familia infeliz é outra...

Esse negocio de casamento é uma loteria, qtos casais muitas vezes a gente acha que vao ser felizes, pq tem tudo pra isso, e dali a pouco estao separados, e qtos casais a gente diz "isso nao dura um mes".. e eles contradizem a tudo e permanecem unidos...

Tenta.. faz igual corte e tintura de cabelo,.. se nao der certo.. deixa crescer e corta.. ao menos de uma chance pra vc tentar.. ai se nao der certo, ao menos vc fez tudo o possivel e existe menos chance de se arrepender..

*-._.-* Anita *-._.-* disse...

Oi, estou passando pra conhecer seu blog, e desejar boa tarde
bjsss

aguardo sua visita :)

Isa Dora disse...

Linda, linda... Olha... Sua decisão foi acertada. Amor de um lado só não basta. E você o ama tanto que não deixou que ele fizesse isso com a vida dele (ficar com quem ele não quer). Ah, Lu, fico triste, pq te faria feliz se o casamento acontecesse. Mas fico feliz, pq vc se abre a novas possibilidades. Você está livre. Livre pra ficar bem, pra, como vc mesma disse, dormir em paz, pra ficar feliz sozinha. E amar de novo em breve. Você é tão linda, tão fofa, tão especial, seu coração é tão grande, e você ama tão sem pudores desnecessários... que isso não tarda a acontecer. Fica bem, minha loira/ruiva rs. Um abraço bem apertado, e mil beijos. Te amo sim, hje mais do que ontem =)

Isa Dora disse...

Sim, eu tava ali pensando: repensar decisões tb faz bem. [só q o W não falou em amor... como a gnt faz agora?]
não tome decisões precipitadas. reveja tudo de novo. e se der, converse com ele, de novo! [quem sabe dá pra ser feliz com ele... quem sabe, ele tb está confuso... agora ele tb tem um filho, né...]
Desesperar jamais. Espera mais um pouco.

Dri Viaro disse...

Bom dia, que vc tenha um fim de semana delicioso.
bjsss

Gerly disse...

Lu, eu li, só não soube opinar.
Essas coisas são tão pessoais, tipo, uma decisão que só a gente pode ser responsável por tomá-la.
Mas posso dizer que, se fosse comigo, eu, hoje,depois de muito quebrar a cara, aprendi que não é bom seguir o coração da gente, principalmente pq ele fica muito confuso, a boa decisão é aquela que nos aquieta, que nos traz paz. Falo por mim. Já decidi por coisas que as pessoas achavam ser a decisão mais certa, a mais socialmente aceita, o que deveria ser por causa do tempo, ou de qualquer outro fator (e o que não falta essas horas são fatores pra gente relacionar e pesar na balança, não é?). Mas acima de tudo, aceitar uma situação que por mais acertada que seja não me faça feliz, não me satisfaça, não me traga paz, não me deixe segura, eu não aceitaria. Oraria, e esperaria uma resposta de Deus, sim, pq Ele responde. O problema é que nem sempre ele responde aquilo que gostaríamos. Mas verdade é, que Ele é quem sabe o que é melhor pra nós. Só que não podemos esquecer, que não vai cair nenhum balãozinho do céu com o a decisão a tomar, porque Deus é tão maravilhoso, e se importa tanto com quem somos e com o que queremos que nos dá o direito de decidir sobre a nossa vida, embora ele nos aponte o caminho. Mas como acredito na bíblia e é por ela que tento guiar a minha vida, Paulo diz:" que a paz de Deus seja o árbitro dos vossos corações". No melhor de Deus pra nós, sentimos paz.


É isso, Lu.

Que Deus guie a tua decisão e guarde o teu coração.

Beijokas!

:o)

Daniel Savio disse...

Ai, ai, ser pai não quer dizer exatamente casar...

Ele pode realmente estar ao seu lado, mas sem precisar formalizar isto num casamento (que devido a ser efetuado pode se desgastar rapidamente como descrito no teu post)...

E te felicito a tua decisão...

Fique com Deus, menina Luciana.
Um abraço.