segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Amanhã...


Sabe o que eu queria?Não,o que eu quero?
Te odiar!
Talvez assim quando eu te veja e você me dê o seu melhor sorriso eu o ache feio.
Talvez assim quando você for tão legal o quanto alguém pode ser eu o ache chato.
Talvez assim eu não ache os teus olhos tão bonitos.
Talvez assim quando você contar as suas histórias eu não as queira ouvir.
Talvez assim eu não te queira nunca mais.
Nunca.
Pra sempre nunca!

Aí me vem uma dúvida...
O que é pior?O ódio ou o desprezo?
E logo a resposta vem também.

Sabe o que eu queria?Não,o que eu quero?
Te desprezar!
Por que talvez assim,e assim,eu não te amaria(Eita,eu amo?Ah!nem sei,mais me deu vontade de escrever essa palavra)o tanto quanto amo.
Talvez eu veria defeitos,já que não os vejo em você.(na verdade eu até vejo,mais ele não são importantes.Ah! nem sei explicar)
Talvez quando você me contasse aquela sua história eu bocejasse e dissesse:Ih,ta tarde ?Preciso ir...
Talvez se eu o desprezasse não iria -lo tocar, e talvez,e talvez você sentiria a minha falta naquela noite(Só talvez)
Talvez se eu o desprezasse não me importaria com quem você estava ontem a noite.E aí,talvez bem aí,passasse essa angústia de não ter o que quero, na hora que quero, e do jeito que quero(Será que é pedir de mais?Sou egoísta de mais?)

Ah!Eu não sei exatamente o quero(Nunca soube, não ia ser agora)
Mais de uma coisa eu sei e estou certa.Sua amiga eu NÃO quero ser.
Por que?Porque me dói demais isso,me dói o pouco.Eu não estou acostumada com pouco,eu NÃO quero pouco,Eu quero mais,muito mais!!!

Amanhã tudo vai mudar.
Não sei se pra melhor ou se pra pior.Mais sei o que tiver de ser,já aconteceu e não tem como voltar atrás e isso me dá tanto medo....

24 comentários:

Flávia disse...

ai, menina... xoticontá.

Eu tb estava até alguns minutos atrás tentando me convencer de que eu odiava definitiva e irremediavelmente alguém. Fui falar com ele com o discurso preparado e adEvinhã? Ele me venceu no primeiro round: bastou dizer que não há nada no mundo que o faça desistir de mim e eu ploft! Caí de novo nessa mansidão que o amor faz a gente sentir...

E sei lá, eu não devo mesmo ter um pingo de vergonha na cara, mas o fato é que fiquei feliz, se vc entende me explica que eu, eu mesma não entendo...

Obrigada pela visita que me fez, moça - apareça mais vezes, a casa é sua :)

Beijos!

Inside Me disse...

ai filhinhaaa, relaxa, tudo nos serve como experiência viu, e a vida pode nos mostrar caminhos melhores depois, boa sorte. ah, te adicionei no meu blog viu, bjs

Homero, O Tosco disse...

Está dificil enterrar esse defunto!
Brincadeira. Como você disse amanhã tudo vai mudar. Uma hora melhora.
Abraços.

Saulo Oliveira disse...

Não precisa ter presa, querida. Leve o tempo que for necessário para se curar, seja do que for.


=***

Salve Jorge disse...

Sabe o que você quer
Quer que se queira
Que que seja derradeira
Essa sensação
No teu peito de mulher
De omissão
De uma coisa que parecia verdadeira
Mas que o tempo cobriu de poeira
MAs não sua cabeça
Ou seu peito
Ainda afeito ao jeito
Seu olhar que tropeça
NAquele sujeito
Mas o que está feito
Está feito
E sua única esperança
É seguir com a dança
É ter temperança
Esquecer da verdade
E saber que no pós-tempestade
Aparece a bonança...

Ricardo Rayol disse...

desprezo, com certeza

Quase Trinta disse...

Ah, o amor e o ódio andam juntinhos....
Vc precisa conseguir ser indiferente isso sim.
Sendo indeferente causará mais impacto do que sentindo ódio.
Mas é muito difícil ser indiferente com alguém que temos uma história

Cacau disse...

O amor e o ódio sempre ficam próximos, e as vezes se confundem.
Só o amanhã, ou alguns 'amanhãs', que você vai conseguindo identificar direito o que quer.

Obrigado pela visita.
Linda foto da lua.

Beijos

Thiago disse...

isso de querer Lu, sei lá, eu gosto de viver sem criar muitas expectativas!

Sílvio Moura disse...

Oi Luciana,
fico feliz com a tua visita.
Que bom que você gostou.Volte mais vezes sim.
Estarei esperando.
Já vou linkar o teu blog ao meu.

Beijos,
PULCRO

meus instantes e momentos disse...

vim conhecer teu blog, e achei tudo aqui, muito bom. Foi bom vir aqui.
Parabens.
Ótimo post.
Maurizio

Gui Sillva disse...

gata, sacode a poeira e dá a volta por cim, já!!!!!!
e nada de ficar guardando rancor. nãoi vale à pena. você é lindaaa!!!

"Ser feiz é a melhor vingança" Caio Fernando Abreu.

Thiago Gagante disse...

Eu bem sei o q vc tah sentindo!

Ô se sei!

=/

bjo

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda
..."Presta atençãoi,querida,a vida é um moinho..."(Cartola).
Pois é...sonhos destroçados fazem parte da vida ,mas servem para nos fazer crescer e alimentar o mundo.
Vai passar!Tomara que muito depressa!
Beijos

Caroline disse...

Adorável esse texto.

Tçao leve e neurótico, como só nós - mulheres apaixonadas - sabemos ser.

Um beijo enorme!

janelasdavida disse...

Oi, querida!
Não se esqueça que o ódio é o primo feio do amor... Odiar uma pessoa que se ama é continuar escravo dele... A melhor receita para esquecer uma pessoa é a indiferença...

Bjinho!

Lucí disse...

Olá...

Há algum tempo atras, a muito tempo atras, eu desejei tudo isso, demorou..mas eu consegui e hoje eu olho para tras e vejo que o que eu julgava amar tinha muito mais defeitos do que qualidades, defeitos que eu nao via.. e que hj sao insuportaveis, ate para te-lo como amigo.

Sinto somente o desprezo...

tossan disse...

Tentou sim e eu gostei! Beijão moça

caurosa disse...

Oi, Luciana, a que vale sempre é o amor, ele aparece, amamos, sofremos... logo queremos amar de novo... Paz e harmonia para você.

Forte abraço.

CAUROSA - caurosa.wordpress.com

Morcego disse...

Bom dia, Luciana
Lembrei de um grande sucesso do Belchior, que a Elis cantou divinamente e assim dizia: "viver é melhor que sonhar/ eu sei que o amor é uma coisa boa/ mas também sei que qualquer canto/ é maior que a vida de qualquer pessoa".
Pois é, apesar das decepções amorosas, certamente, quem não amou nunca viveu e deve morrer de inveja de você! Eh...Eh...Eh..
Um dia super show, com bons ventos e ótimos vôos.
Um grande e fraterno abraço.

Lucí disse...

Olá...

Obrigada por me visitar, tbm gostei muito do que vi por aqui..

Percebo que tbm olha com os olhos da alma, tem sensibilidade..

Fique a vontade sempre para retornar..

Eu linkei o blog.. e sempre voltarei aqui.

Bjoss e bom final de semana!

Lucí disse...

Ahh voltei aqui pra responder o que me perguntou, eu havia esquecido..rsrs

Eu tenho um ceratocone ainda no começo, fazem tres anos que descobri e de miopia tenho 8º Direito e 7. 25 no Esquerdo..e como ja deves saber, uma pessoa com ceratocone nao vive sem lentes de contato..eu tbm nao! Sem elas eu nao vejo um palmo a minha frente!..rsrs

Beijao ;)

GUILHERME PIÃO disse...

O negócio é não esquentar e aproveitar o máximo, perdemos muito tempo pensando...quem pensa não casa.
Abraços

Tathiana disse...

Passei aqui de novo. Acho q vc colocou post novo e deletou, não sei.
Não acho q esteja curtindo mesmo, sei o qt é complicado. Apenas queria que soubesse que se precisar de alguém pra conversar, tô por aqui. Sei q não me conhece e eu tb não te conheço, mas me importo, sim porque me identifiquei com o q disse. Se não quiser falar, tudo bem tb, eu entendo. De qq forma, sei q Deus vai iluminar seus caminhos...
Um grande beijo.