sábado, 18 de outubro de 2008


E eu que achava que estava mal!(Na verdade já não achava isso,mais tenho que dar uma ênfase dramática ao meu texto não é?rs)
Bem,continuando...
Eu to é bem!Mega,Master,Ultra,Power,Big,bem(não é big beng não hein!)Lógico que muita coisa ainda pode melhorar.Ah,se pode.Mais to melhor que um montão por aí.
Porque eu digo isso com tanta segurança?
Porque eu tenho coragem;
Porque eu me levanto assim que caio(ta bom,ta bom.Que saco!Não posso nem exagerar um pouquinho!);
Porque se eu me machucar, eu sei vai doer.Mais passa, e no final vai ficar só uma cicatriz bobinha me lembrando que é pra que eu não caia de novo;
Porque se eu chorar e minha maquiagem borrar,terei sempre uma amiga com um demaquilante a postos(Amigos como viveria sem eles?).E se mesmo assim eu continuar muuuuuuuito feia-Ah é,era só um demaquilante né?Ele não faz milagres-; ela(a amiga vai estar aqui,do meu lado)
Porque eu sou assim:Linda,( E muuuito humilde rs),boba(até quando eu aguentar,mais se preocupa não.Eu aguento muito.)Chorona,Curiosa,Transparente(E não é porque estou branca),amiga(Se precisar de mim,estou aqui.Mais nada de dinheiro emprestado,até porque...Eu não tenho)Ciumenta,Grude,Animada......Mesmo depois de ter sofrido por gostar de quem não gosta de mim,eu vou continuar aqui sendo essa pessoa que acredita nos outros(Um pouco menos agora),QUE ACREDITA NO AMOR!

Não tenha medo,a chance é igual.50% pra sofrer,50% pra ser feliz.O que você pode perder?
Ninguém morre de amor
(
Eu nunca morri.EU ACHO...)

17 comentários:

Max Psycho disse...

Belo texto, viu voce conseguiu, com isto voce aprenmdeu algo novo, parabéns

Thiago Gagante disse...

Não sou muito indicado pra falar sobre amores.
Sei apenas q eles nunca duram pra sempre. Mas isso acho q vc tb já sabe!

bjo

Saulo Oliveira disse...

Eitaaaaaaaa mulher macho da porra.


" atóronnnnnnn "


hahahaha


=**** boa semana baibee

Cris Santos disse...

Olá Luciana :)
Hehe, adorei a forma como vc se descreveu
Digamos que o prejulgamento que a pessoa tem antes pode afetar a balança e mudar os 50%. Tipo, quanto mais confiante, maiores a chances de encontrarmos uma "solução feliz" mais cedo e se for pensando em derrota, certamente as chances de que termine bem serão menores. Um ponto a mais para você :)
Saber que tudo passa sempre me consola, mas tem alguns momentos que me parece que fazemos questão de esquecer isso. Não sei, acho que o ser humano é meio masoquista.
Obs: Ninguem morre de amor não, a não ser que esse amar (seu ou do outro) seja algo que na verdade mereça tratamento psiquiatrico...

Muito obrigado pela visita e me desculpe a demora para responder. Ainda bem que não resistiu rs
Beijos!

Inside Me disse...

será mesmo que vc nunca morreu? huahuahuahua essa foi boa, ai menina o blog ta ficando massa e tb o max tá te dando uma força, vi nos coments lá, é bom ver nosso trabalho fluindo bem, sucesso pra vc viu, bjão, yzy

Thiago Ya'agob disse...

Oi, Luciana!

Viver é fácil, o difícil é manter-se vivo.

Abraço, princesa!

Homero, O Tosco disse...

"É melhor cair das nuvens do que do terceiro andar".
O velho Machado sabia das coisas.

Inside Me disse...

oi amoree, tem post quentinho, axo q vc vai gostar ^^, bjão

johnny disse...

É isso ai, quando tiver triste dá uma passada pelo Cão e sorri..rs... Valeu, pelo elogio e se puder, divulga mais, quem sabe um dia eu chego perto de um Jacaré Banguela...rs... beijo

MANS / ANDRÉ disse...

pq vc é mulher
exemplo de tudo de melhor...

ALF disse...

Luciana, venho aqui pra agradecer o extremoso carinho que tu me deu lá no blog. Obrigado, de coração, pelas palavras que vieram num bom momento pra mim. Pode ter certeza que me sacudiram um pouco e pude refletir bastante.
De fato foi bom ler essas tuas palavras. Tocou lá no fundo. No tema central que eu venho me debatendo. Você veio no momento certo pra me dizer o que precisava ouvir. E precisava sim, talvez atentar no quanto estou cego. No quanto certas dores escurecem um pouco a mente. A gente acaba tomando atitudes e escolhas que não condizem com o nosso grau de amadurecimento. Tem horas que colocamos os pés pelas mãos e quando percebemos já cometemos e só nos resta ficar aqui lamentando o erro e questionando a nossa condição de ser humano. Obrigado mesmo, muito. Nem tenho como compensar o grande bem que suas palavras me fizeram. Se estou vindo aqui é porque sinceramente elas mexeram comigo.
Obrigado Luciana.
Ah não se preocupe. A minha "praia" é Deus sim. Nesses momentos ele sempre me dá colo e escuta minhas dúvidas, angústias e aplaca um pouco essa sensação de tristeza.


Quanto aos elogios a mim e ao blog, ah, só consigo ficar com um vermelho no rosto...
Tu me parece ser uma pessoa maravilhosa Luciana. Espero de coração que tu venha sempre no meu blog. Seria uma honra sentir o seu perfume por lá.

Beijos no coração.

ps: depois apareço pra comentar teus textos com mais calma.

Atre disse...

ah, sabe que eu acho que tem gente que MORRE mesmo por amor?
Como naquele filme "Em Algum Lugar do Passado", vc viu?

mas acho que é muuuuuuuuuuuito raro...normalmente o que acontece é as pessoas MATEREM e dizerem que é por amor...

Sabe que eu já tive um blog FAZ TEMPO com o nome do seu?
é porque eu sou curiosa por natureza (daquelas irritantes...rsrs)....

apareça mais vezes...nem que seja só por CURIOSIDADE...rs

bjos...

Quase Trinta disse...

Vc está certissima.... cair, levantar e desistir jamais.
Sempre teremos perdas, momentos tristes e temos que tirar o q for proveitoso dele, curtir uma fossa, mas nunca deixar que ela se instale...

beijos

Gui Sillva disse...

"Viver bem é a melhor vingança" Caio Fernando Abreu

e nada de ficar fazendo a dramática.
se cuide

ps.: obrigado pela visita lá no GF
volte sempre!
beijossss

Guiiiii

Paulo Tamburro disse...

MORRER OU VIVER? UM ABRAÇÃO

o que me vier à real gana disse...

Claro k gostei! Como podia não!?

João da Silva disse...

Querida, você tem inteligência para alimentar três cérebros com facilidade. Rio muito, divirto-me muito e penso muito, por aqui.
Beijos, linda, muitos deles, do João